“A transformação é possível em nossas vidas ,porque Cristo morreu na cruz por nós.” Diz ex-homossexual.

Ken Williams hoje é pastor e tem lutado e se tornado uma voz ativa contra um projeto de lei da Califórnia, que quer proibir que homossexuais se tornem heterossexuais.

Williams é um ex-homossexual que acabou procurando um cristão para se aconselhar e ajudá-lo em sua luta contra o homossexualismo, recebendo apoio e ajuda, embora ele mesmo não tinha nenhuma garantia de que iria conseguir vencer seus impulsos e desejos homossexuais.

Hoje ele é um nome importante contra um projeto de lei na Califórnia, que proíbe que pessoas homossexuais busquem terapia se não estão satisfeitas com a homossexualidade para mudarem sua orientação sexual, o governo considera isso uma fraude.

Williams que hoje é um pastor conta que uma vez ouviu alguém de sua família agradecer a Deus pela AIDS, porque era no conceito daquela pessoa, um castigo de Deus para os gays.

PUBLICIDADE

Hoje ele afirma que a transformação é possível sim, porque o senhor Jesus Cristo morreu na cruz por nós e isso torna possível uma nova experiência de vida, podemos ser e somos uma nova criatura em Cristo.

Mas ele lamenta o projeto que está em votação: nós não queremos que o governo controle a nossa identidade sexual.

Uma jovem que também passou pela mesma experiência que Williams, sendo liberta do lesbianismo, afirmou que ela não buscou a Deus para que ele mudasse a sua sexualidade, ela queria conhecer a Deus, estar mais perto dele, e ao buscar isso a sua identidade começou a mudar. Ela conta que ficou assustada ao se ver desenvolvendo afeições por um homem que hoje é o seu marido. Hoje ela ajuda, muitas pessoas que querem sair do homossexualismo.

PUBLICIDADE

Ela entende que as igrejas podem ter suas diferenças, mas todas concordam unânimes com o fato de que Jesus salva e o evangelho tem poder para restaurar qualquer pessoa, por mais que seja aparentemente a pior de todas.

O papel da igreja não é só dizer ao homossexual que o homossexualismo é pecado. É muito mais que isso, a igreja precisa viver e provar que o evangelho é capaz de mudar a vida dessa pessoa, demonstrando amor, porque o amor de Jesus é transformador.
E se vivermos esse amor em nossas próprias vidas, isso irá ser refletido na vida de não somente os homossexuais, mas de todos aqueles que estão perdidos no pecado, longe do amor de Deus e esse amor refletido através de Cristo em nós quebrará todas as corrente e almas serão libertas.
PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.