A vida amarga do enfermeiro que escolheu viver num carro na garagem da casa,para proteger a família”Dois meses sem esse abraço, sem esse beijo”

A triste realidade em tempos de pandemia, famílias que deixam suas casas para proteger a família, aguardando dias melhores.

Por amor aos pais, em tempo de novo coronavírus, Willian Arthur Nrautgam, é funcionário numa área de saúde, em Guarapuava. Desde a evolução da pandemia, ele decidiu se mudar para a garagem da sua cada, assim protegendo os pais esposa e filho, e conta a vida amarga nestes dois meses.

O enfermeiro também está no combate contra a doença, mas até ao momento ele não tem quaisquer sintomas da doença. Mas preferiu mesmo assim não estar perto da família, uma vez que trabalha na área da saúde.

“Nossa maior preocupação, nem é se a gente fica doente, mas sim o risco causar a doença na nossa família, para as pessoas que mais gostamos”, inicia. Desde a adaptação do carro, que pertence ao pai, uma rural de 1965, e além disso o homem ainda colocou em prática todos os cuidados possíveis ao chegar a casa.

Escrito por Carla Sofia

Sou especialista em Receitas, dicas e saúde! Gosto sempre de estar atualizada de novas receitas e formas medicinais!