Adolescente suspeito de matar criança de 9 anos prestará novo depoimento à polícia

O jovem é o principal suspeito do assassinato de Raíssa Eloá Caparelli Dadona, de apenas 9 anos de idade

Nessa terça-feira (1º) o adolescente visto andando nas ruas com Raíssa Eloá Caparelli Dadona, de apenas 9 anos de idade, será ouvido novamente pela polícia.

O jovem em questão esteve com a garota pouco antes do seu corpo ser encontrado e, atualmente, é visto como suspeito do assassinato. Devido a isso, a apreensão do jovem será solicitada pela Polícia Civil. Além disso, as autoridades pretendem descobrir se outra pessoa esteve envolvida no assassinato de Raíssa.

Durante a tarde da última segunda-feira (30) e a madrugada dessa terça-feira, o suspeito chegou a prestar depoimento da 5ª Delegacia de Polícia de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O jovem compareceu acompanhado dos seus pais para depor.

PUBLICIDADE

O corpo de Raíssa foi encontrado no Parque Anhaguera, localizado na Zona Norte de São Paulo durante a tarde do último domingo (29). A menina foi encontrada pendurada em uma árvore e tinha uma tira amarrada no pescoço. Entretanto, os seus pés estavam encostados no chão.

Conforme informações fornecidas pelas autoridades responsáveis pelo caso, em um primeiro momento, o jovem suspeito do crime, que tem 12 anos de idade, chegou a confessar ter matado Raíssa. Entretanto, a sua versão acabou mudando posteriormente.

Ao chegar em casa, ele teria contado à sua mãe que não a matou. Porém, uma vez na delegacia, o suspeito afirmou que foi forçado a cometer o crime por um homem que estava de bicicleta. O homem em questão o teria ameaçado com uma faca.

PUBLICIDADE

A localização do corpo da menina foi dada à administração do Parque Anhaguera pelo próprio suspeito, que chegou a procurar os responsáveis pelo local para falar a respeito do corpo.

De acordo com filmagens obtidas pela Polícia Civil, Raíssa aparece acompanhada do suspeito andando pelas ruas, poucos momentos antes de ser encontrada morta. É possível ver nas imagens os dois andando de mãos dadas e Raíssa estava usando uma roupa rosa.

No vídeo em questão, o adolescente aparece carregando uma mochila que parece ser da vítima. Os dois andavam calmamente em uma estrada que dá acesso ao bairro.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.