Adolescente suspeito de matar criança de 9 anos prestará novo depoimento à polícia

O jovem é o principal suspeito do assassinato de Raíssa Eloá Caparelli Dadona, de apenas 9 anos de idade

Nessa terça-feira (1º) o adolescente visto andando nas ruas com Raíssa Eloá Caparelli Dadona, de apenas 9 anos de idade, será ouvido novamente pela polícia.

O jovem em questão esteve com a garota pouco antes do seu corpo ser encontrado e, atualmente, é visto como suspeito do assassinato. Devido a isso, a apreensão do jovem será solicitada pela Polícia Civil. Além disso, as autoridades pretendem descobrir se outra pessoa esteve envolvida no assassinato de Raíssa.

Durante a tarde da última segunda-feira (30) e a madrugada dessa terça-feira, o suspeito chegou a prestar depoimento da 5ª Delegacia de Polícia de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O jovem compareceu acompanhado dos seus pais para depor.

O corpo de Raíssa foi encontrado no Parque Anhaguera, localizado na Zona Norte de São Paulo durante a tarde do último domingo (29). A menina foi encontrada pendurada em uma árvore e tinha uma tira amarrada no pescoço. Entretanto, os seus pés estavam encostados no chão.

Conforme informações fornecidas pelas autoridades responsáveis pelo caso, em um primeiro momento, o jovem suspeito do crime, que tem 12 anos de idade, chegou a confessar ter matado Raíssa. Entretanto, a sua versão acabou mudando posteriormente.

Escrito por Reginaldo Ribeiro Teodoro

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.