BBB20: Mais um investigado pela polícia Pyong Lee

O BBB20 vem sendo um grande alvo para a polícia. Já se passou pelo alvo o Petrix Barbosa, Mari Gonzales e Felipe que já estão sendo apurados.

Hoje o alvo foi o Pyong Lee por conta do comportamento inesperado do hipnólogo na ultima festa do BBB.

Foi cogitado pelos telespectadores assedio sexual por parte do Pyong Lee tentar beijar Marcela sem seu consentimento e apertar a bunda da Flayslane.

PUBLICIDADE

Foi enviado uma nota para a impressa que a delegacia especial a mulheres de Jacarepaguá RJ estão estudando todas essas mídias que constam Pyong Lee fazendo tais atos.

Em entrevista para um jornal a delegada relata que o principal motivo para as investigações são os comentários negativos do publico nas redes sociais.

A delegada também falou que esse tipo de acontecimento tem que ser combatido dentro e fora de um reality. Assediar mulheres sem seu concedimento.

PUBLICIDADE

Ela ressalta também que não está afirmando que Pyong Lee cometeu o ato, porém está sendo analisado.

Flayslane e Marcela também terá que prestar depoimento por conta do ocorrido. As sisters já foram chamadas pela produção para conversarem sobre o assunto e ambas afirmaram que não houve assedio por parte de Pyong Lee.

Pyong Lee perguntou a Marcela se ela se sentiu ofendida por ele em algum acontecimento e a sister disse que não. Que apenas deu risadas de seu comportamento e que o brother não precisava pedir desculpas por nada.

A delegada aproveitou a oportunidade do jornal para ressaltar que mulheres não podem se sentir coagidas quando um homem passa a mão nelas ou encosta suas partes intimas. Pois ele pode ser enquadrado na lei de assédio sexual a mulheres. E podendo cumprir pena de 1 a 5 anos.

Na mesma edição do BBB20 teve o caso do Petrix. De ter feito atitudes similares a do Pyong Lee.


Escrito por Jessica Moura

Quero conhecer mais um lado, o lado de redatora, quero somar no quadro de redatores, quero novos conhecimentos e aprendizados. Crescer junto como redatora na plataforma.