Casamento é alvo de protesto na Bahia por convidados e noivos não usarem máscara

Paróquia foi notificada e diz que noivos e cerimonial sabiam da exigência

Apesar da crise atual em que estamos vivendo ainda tem pessoas que continuam a brincar com a saúde alheia. Organizando comemorações e causando aglomerações como se nada estivesse acontecendo em sua volta.

Como todo mundo sabe a pandemia da covid-19, tem mudado drasticamente a vida de todos, não estamos mais naquela época em que se podia fazer grandes festas ou reunião de família, nessa atual crise causada pela covid-19, é um momento de solidariedade e de termos amor ao próximo. Mas que infelizmente não é isso estamos vendo por ai não é mesmo?

Um casal resolveu descumprir todas as regras e se casar em meio a pandemia do coronavírus mesmo sabendo dos riscos. A cerimonia foi feita na igreja da Vitória no último sábado do dia 23, mas o que parecia uma maravilha-se transformou em um pesadelo, os moradores da cidade onde aconteceu o casamente não gostaram nada aglomeração provocada pelo casamento e organizaram protesto, por que no local tinha diversos convidados sem máscaras. A igreja será responsabilizada por causa desse incidente e terá que prestar os esclarecimentos.

PUBLICIDADE

Comemorações com apenas 50 pessoas de forma religiosa, incluindo missas, cultos e casamentos não são nomeados como organizações licenciadas, que necessitam de permissão da prefeitura.

Segundo informações da Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), entretanto, as comemorações nas igrejas podem prosseguir, desde que respeitem a quantidade máxima de pessoas e desde que façam distanciamento e sigam todas as normas da saúde.

PUBLICIDADE

Fotos que foram jogadas na web, mostram o protesto de moradores. ”Que feio! mais de 20 mil mortes! Essas pessoas irresponsáveis”, afirma uma senhora, relatando a quantidade de óbitos causado pela covid-19 no Brasil até o momento.

A igreja foi será obrigada a prestar todos os esclarecimentos, e terá que cumprir todas as regras exigidas pela prefeitura para realizar os próximos eventos para que não aconteça mais protesto e ataque por parte da população da cidade.

As fotografias exibiram umas 30 pessoas que estavam dentro da igreja que evidentemente, não estavam tomando distancia uma das outras.

Os responsáveis pela igreja Nossa Senhora da Vitória, afirmou que os noivos e a empresa que organizou tudo foram avisado antes da “obrigatoriedade do uso de máscaras, do limite de pessoas e do distanciamento exigido”. Mas que infelizmente nada foi cumprido pela parte deles,” e garantiram que as próximas atividades da igreja vão ser todas dentro das normas exigidas para proteger a vida de todos os presentes.

 

 

PUBLICIDADE

Escrito por Wellington Pereira Da Silva

Sou Estudante e redator amo escrever as melhores notícias ,curiosidades, historias ,dicas e entretenimento você encontra por aqui.