Com 95 anos italiana é curada do coronavírus:”Toda a equipa era muito boa e cuidavam bem de mim”

Na Itália, onde a situação é a pior de todas, uma idosa estava internada desde o dia 5.

A idosa Alma Clara Corsini, de 95 anos que pertence ao maior grupo de risco do Covid-19, é a primeira utente mais velha a ser curada do novo surto coronavírus. A italiana esteve presente ao lado dos médicos, para que aquele momento fosse lembrado. O ocorrido aconteceu, no norte do país. As informações foram emitidas pelo jornal daquela localidade de Modena.

A idosa foi internada a 5 do decorrente mês. Muito emocionada, a italiana dá o seu testemunho, para que ninguém desista da luta do novo surto de pandemia.

“Sim, isso mesmo eu estou muito bem. Os médicos eram pessoas muito boas, que cuidaram muito bem de mim e, agora me vão mandar para casa”, disse.

Além da italiana, existe um outro caso de cura, dessa vez num dos pontos mais críticos da Itália, em Lombardia onde existe um número elevado de mortes. Estamos a falar de um italiano de 97 anos, que também foi curado do coronavírus. Nessa semana, ele recebeu alta e conseguiu ainda se recuperar de uma pneumonia.

Na Itália, o número elevado de mortes devido ao surto do coronavírus, ultrapassou o resultado da China desde a última quinta-feira(19). Últimos dias registrou mais de 600 casos num só dia, enquanto Itália ultrapassa agora mais de 4.000 mortes. Já nas últimas informações divulgadas pela China, o número de mortos são de 3.249.

Escrito por Carla Sofia

Sou especialista em Receitas, dicas e saúde! Gosto sempre de estar atualizada de novas receitas e formas medicinais!