Criança de 5 anos corta cabelo igual do amigo para enganar professora e ensina que racismo é coisa de adulto

A única diferença entre eles na visão do pequeno Jax, era o cabelo.

Criança de 5 anos corta cabelo igual do amigo para enganar professora e ensina que racismo é coisa de adulto

As crianças já nascem com uma pureza no coração que é mesmo linda de se admirar, os pequenos não possuem maldade e tratam as coisas com uma simplicidade tornando tudo mais fácil. Quem dera se nós o adultos tivéssemos um pouco da pureza que existe no coração de uma criança, com certeza o mundo seria um lugar muito melhor.

Jax é uma criança de apenas 5 anos e ele tem um amiguinho a quem ele gosta muito e Jax teve uma ideia: ele pensou que se cortasse o cabelo igual ao do amigo, os dois poderiam pregar uma peça na professora fazendo com que ela os confundisse, então ele pediu a sua mãe para leva-lo para cortar o cabelo igual ao do amigo. A história deixou a mãe do garoto tão impressionada que ela decidiu compartilhar a fotos dos dois amigos nas redes sociais.

PUBLICIDADE

Na visão da criança a única coisa que os diferenciava era o cabelo e se ele cortasse igual ao do amigo, a professora não saberia quem é quem. A foto postada pela mãe do garotinho já ultrapassou 135 mil curtidas e 75 mil compartilhamentos e chamou muito a atenção por um detalhe que o sábio Jax ignorou: ele é branco e seu amigo é negro. As informações são da agência de notícias “Associated Press”.

“Ele disse que mal podia esperar para ir para a escola na segunda-feira com o seu novo cabelo como o de Reddy, de forma que a professora não fosse conseguir distingui-los. Ele pensou que seria hilário confundir a professora com o mesmo corte de cabelo”, contou Lydia Stith, mãe de Jax, na publicação.

PUBLICIDADE

A foto mostra os dois amigos juntos em uma festa no natal, a mãe fez um comentário na legenda dizendo que o ódio e o preconceito são ensinados as crianças e a prova disso foi a atitude do pequeno Jax que através de seu pedido ensinou uma grande lição a todos, o racismo existe mesmo é no coração dos adultos.

“Aqui está uma foto de Jax e Reddy na festa de Natal. Tenho certeza que todos vocês veem a semelhança. Se isso não for prova de que ódio e preconceito são ensinados, eu não sei o que é”, afirma Lydia.

Assim que Jax cortou o cabelo na barbearia Readdy afirmou todo orgulhoso: “Jax sou eu…e eu sou Jax”. Compartilhe com todos essa linda história real.

PUBLICIDADE

Escrito por Notícia Viva