Em vídeo; Ana Paula Valadão diz que Aids é doença de gays e que quando o casal é composto por um homem e uma mulher não se contamina

Segundo a cantora e também pastora evangélica, o melhor método para evitar a doença é ser hétero sexual.

Neste último dia 12 de setembro, sábado, o nome da cantora e pastora evangélica Ana Paula Valadão se tornou um dos temas mais discutidos nas redes sociais por todo país.

Isso ocorreu após um vídeo onde ela participava de um bate papo, chegar ao conhecimento dos internautas, onde nas imagens da gravação ela afirma que a AIDS é uma doença causada por homossexuais.

A pastora ainda ressalta que no meio de casais composto por um homem e uma mulher não existe essa doença e nem ocorreria dela ser gerada entre eles.

PUBLICIDADE

Em um determinado momento do vídeo, Ana Paula chega a afirmar que a aliança com Deus é o casamento que ocorre entre pessoas de sexos opostos, e dessa forma eles estaria fazendo uso do melhor jeito para se prevenir de ser contaminados pelo HIV.

Com essas palavras ditas, muitas pessoas se revoltaram, e se lembraram da situação recente que ocorreu envolvendo o irmão da pastora, André Valadão, que disse que a igreja não era lugar para gays.

Segundo a cantora e pastora, a bíblia chama de qualquer opção contrárias ao que Deus determinou , de pecado, e que o pecados seria a consequência de morte.

PUBLICIDADE

E deu como exemplo a doença, dizendo que a Aids é a prova de que a união entre dois homens é capaz de originar uma enfermidade que leva a morte, além de infectar as mulheres, e finaliza dizendo que não é o ideal de Deus.

Logo abaixo assista ao vídeo onde a cantora e também pastora evangélica afirma que ser gay é um pecado:


Escrito por Margareth Santos

Gosto de dedicar uma parte do meu tempo levando noticias e informações através de matérias relacionadas a tudo, inclusive de saúde, culinária, famosos e do mundo da maternidade.