Gafanhotos é coisa do passado, Vídeo mostra COBRAS voadoras que estão deixando até os cientistas assustados

Assista o vídeo que mostra as cobras voadoras.

Além do coronavírus que já deixou mais de 500 mil famílias de luto no mundo, e mais de 60 mil somente no Brasil, a população também se preocupo com as vespas asiáticas e com a nuvem de gafanhotos que nas últimas semanas apavorou o Brasil, com a previsão de que essas pragas como muitos disseram ser, estariam a caminho de nosso país.

Na mídia o assunto foi amplamente divulgado e chegou a causar pavor na população, assim como o coronavírus que até esse momento ainda tem deixado a sociedade em pânico total, por ser algo que ainda não tem solução e nem previsão de fim.

Já a nuvem de gafanhotos tinha passado pela Argentina e já estava a caminho do sul do Brasil, mas para alivio da nação parece que os insetos foram desviados de sua rota e o Brasil não sofreu com isso, como todos temeram.

PUBLICIDADE

Essas alertas são importantes, pois caso a nuvem de gafanhotos chegasse ao destino previsto, as autoridades competentes no assunto e os órgãos responsáveis já estavam prontos para enfrentar o problema.

Já o coronavírus veio sem avisar, chegou de uma hora para outra, e deixou a Organização Mundial da Saúde em total desespero, na tentativa de livrar o mundo de tão grande ameaça. Mas agora, surge mais uma preocupação e dessa vez, é por conta de uma animal que já causa pavor em muitos s´s de ouvir seu nome, chamados por alguns de cobra, víbora ou serpente.

Estamos falando das cobras voadoras, que estão deixando até mesmos os mais renomados cientistas apavorados e intrigados, principalmente pelo risco ou capacidade da cobra voadora se enrolar no seu corpo enquanto desliza pelo ar.

PUBLICIDADE

Essas cobras são conhecidas cientificamente como Chrysopelea Paradisi e estão causando polêmica entre os internautas que especulam o real perigo e onde elas foram vistas.

Confira aqui abaixo um vídeo que mostra as cobras voadoras que são encontradas principalmente no sul e no sudeste da Ásia.

 

 

Via: em.com.br


Escrito por Redatora Nh

Escritora desde 2012. Sempre antenada nas redes sociais, por dentro das novidades, estudando e buscando o melhor para transmitir aos nossos leitores.