Homem que viveu como drag queen por mais de 20 anos se entrega a Jesus e é liberto e diz: “Eu era um pevertido”

Estava perdido, mas não sabia disso para ele aquela vida era normal e era a vida boa que queria levar, anos mais tarde ele teve seu encontro com Cristo e seus olhos abriram e ele pode perceber o quanto estava perdido, sofrendo e na lama do pecado.

A tristeza que invadia seu coração era falta de Deus, hoje ele não precisa ficar bêbado para se sentir feliz e realizado hoje, ele não precisa fazer coisas terríveis para se sentir bem ou aceito pelas pessoas.

Kevin hoje combate os teólogos pró gays que dizem que a bíblia apoia a homossexualidade. Kevin chama a palavra de Deus, de verdade inerrante e infalível, mas a homossexualidade é condenada por Deus, embora ele ame os homossexuais e quer que a palavra chegue até os seus corações e que eles entendam que estão em um caminho pecaminoso afastados da Graça de Deus e por isso precisam ser salvos.

 

Escrito por Cláudia Lm

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.