Karina, 28 anos, tem um tumor de 40 kg que continua crescendo e tomou uma decisão corajosa

Karina Rodini nasceu com neurofibromatose e já passou por mais de 15 cirurgias — uma delas, inclusive, para a retirada de um cisto de 8kg

 

Karina Rodini, 28, uma guerreira que cada dia luta contra uma enfermidade, mais ela mostra que a sua força de vontade é muito maior, e dar um grande exemplo de superação a todos.  Pois muitas vezes pensamos que os nossos problemas são tao grandes e não pensamos que existem pessoas que vive situações bem pior que as nossas.

Karina sofre de neurofibromatose tipo 1 (NF1), uma doença rara que causa tumores nas pernas. Seu caso piorou, os tumores agora pesam 40 kg. Vendo as imagens, entendemos o sofrimento da jovem, ela havia marginalizado a sociedade.

Ela decidiu virar a página e falar abertamente sobre sua vida para ajudar outras pessoas que vivem em uma situação semelhante a não se envergonharem mais.

PUBLICIDADE

 

Karina vive em Curitiba, Brasil. Os médicos descobriram a neurofibromatose tipo 1 (NF1) muito cedo, ela tinha apenas dois anos de idade. A doença piorou durante a adolescência. Tudo começou com pequenas marcas na pele, depois a pele nas pernas começou a crescer, até atingir um volume fenomenal.

 

Como todas as pessoas diferentes, Karina se sentiu excluída. Sua doença também o impediu de encontrar trabalho estável. A jovem trabalhava desde os 16 anos. Infelizmente, suas visitas regulares ao médico acabaram cansando seu chefe, ele o demitiu. Ela procurou em vão por um emprego, sem resultado: “Ninguém quer me dar um emprego por causa da minha aparência. ”

PUBLICIDADE

 

Apesar de inúmeras cirurgias, os tumores ainda estão lá. As operações afetam a jovem, ela está sangrando muito. Em vez de sentir pena de si mesma, Karina tomou uma decisão corajosa: “Estou tentando superar minhas incertezas e me expor mais. Tendo ouvido que a NF1 afeta muitas pessoas, ela compartilhou sua história para ajudá-las.

 

Sua mensagem é reconfortante e inspiradora: “Você não precisa se esconder, ficar em casa e ficar deprimido  apenas porque tem uma doença. Você não precisa pensar que não há oportunidade. “

 

PUBLICIDADE

Escrito por Redatora S Silva

Sou colunista de noticias, de famosos, tv, receitas, politicas e testemunhos e mensagens, reflexoes. Buscamos sempre o melhor, para que as notcias chega a tempo para todos.