Luto Mundial: Avião acaba de cair e todos que estava abordo morreram

A notícia causou grande repercussão e abalou o mundo inteiro

Acidentes aéreos são na maioria das vezes catastróficos e extremamente perigosos, embora este seja considerado o meio de transporte mais seguro do mundo, todos os anos diversas pessoas perdem suas vidas sem nem mesmo terem tempo para dar um último adeus.

O Brasil inteiro em 2016 sofreu com a tragédia da queda do voo da empresa LaMia, que transportava os jogadores, equipe médica da Chapecoense, e alguns jornalistas, ao todo morreram 71 pessoas nesta ocasião.

E hoje mais um caso fatal de acidente aéreo foi divulgado pelo portal de informações do R7, tudo aconteceu na Somália, na região da África e infelizmente toda a tripulação morreu.

PUBLICIDADE

De acordo com informações dos jornais locais, o Ministro de Transportes da Somália alegou que haviam 6 pessoas abordo do avião que levava suprimentos e materiais para o combate direto a pandemia do covid-19.

A aeronave foi identificada como um Embraer 120 da empresa aérea queniana African Express, e caiu em uma localidade próxima do aeroporto da cidade de Bardale, na Somália.

O avião, um Embraer 120 da companhia aérea queniana African Express, caiu perto do aeroporto na cidade de Bardale, na Somália.

PUBLICIDADE

O governo federal da Somália divulgou através de uma nota que o avião veio da cidade de Baidoa, e que parou anteriormente em Mogadíscio, e a tragédia aconteceu por volta das 15h30 (hora local).

“O governo está realizando uma investigação completa e publicará os resultados em tempo hábil. As nossas mais profundas condolências às famílias e amigos que podem ter perdido seus entes queridos neste acidente”, acrescentou o governo.

As autoridades não comentaram as informações indicando que o avião pode ter sido abatido acidentalmente por tropas etíopes integradas na Missão da União Africana para a Somália (Amisom) que estão posicionadas na área, onde estão lutando contra o grupo jihadista Al-Shabaab.

Em um comunicado, o Ministério das Relações Exteriores do Quênia também pediu às autoridades somalis que investiguem as “circunstâncias confusas” da tragédia.

PUBLICIDADE

Escrito por Redatora Nh

Escritora desde 2012. Sempre antenada nas redes sociais, por dentro das novidades, estudando e buscando o melhor para transmitir aos nossos leitores.