Mãe compartilha fotos dos últimos momentos de vida do seu filho e faz o mundo chorar

Derek Mnasen foi diagnosticado com um neuroblastoma quando tinha apenas 10 anos de idade

O garoto Derek Mansen tinha apenas dez anos de idade quando ele e sua mãe, Cindy French, receberam a devastadora notícia de que Derek tinha uma forma bastante agressiva de câncer, um neuroblastoma.

O neuroblastoma é uma forma de câncer que se desenvolve, principalmente, em crianças abaixo dos cinco anos de idade. O tumor nasce à partir das células nervosas em diversas partes do corpo, como o pescoço, o tórax, o abdômen e a pélvis. Entretanto, é possível afirmar que a sua aparição mais comum está ligada à glândula suprarrenal.

PUBLICIDADE

Derek e Cindy descobriram a respeito da doença no verão de 2005. À época, mãe e filho viviam na cidade de Sacramento, localizada Califórnia.  Ao receber a notícia, eles decidiram que lutariam lado a lado contra a doença do garoto.

PUBLICIDADE

Ao saber a respeito da luta de Derek e Cindy contra o neuroblastoma, o fotógrafo Renee Byer se ofereceu para documentar a trajetória dos dois contra a doença. As fotos tiradas por Renee acabaram por vencer o Prêmio Pulitzer e captam perfeitamente todas as sensações causadas pelas adversidades enfrentadas por mãe e filho.

Durante um determinado ponto de seu tratamento, Derek passou por uma extração de medula óssea, cujo objetivo era determinar se ele estaria apto a receber um novo transplante. Entretanto, a dor que o menino sentia ao acordar era algo insuportável. Esse momento foi documentado através de uma das fotos de Renee e revela uma dor impressionante.Cindy se manteve ao lado do filho durante toda a sua trajetória. Dessa forma, uma das imagens feitas pelo fotógrafo revela a mãe abraçando o garoto após ficar sabendo que ele precisaria passar por mais uma cirurgia dolorosa.

Apesar dos diversos momentos de dor revelados pelas fotografias de Byer, algumas imagens também mostram situações de alegria, as quais Derek sempre busca aproveitar ao máximo quando surgiam. Tais momentos revelam uma face despreocupada do garoto.

Embora os dois tenham se mantido fortes e lutado contra a doença incansavelmente, a situação de Derek atingiu um ponto em que nada mais poderia ser feito pelos médicos, que esgotaram todas as tentativas possíveis de salvar a vida do menino. Dessa forma, os tumores passaram a atacar rapidamente o corpo do garoto, que acabou falecendo nos braços de sua mãe enquanto ela cantava a sua música preferida.

PUBLICIDADE

Escrito por Carla Juliana

Redatora no site noticiaviva.com. Apaixonada por gatos. Uma pessoa simples e muito bem humorada. Contato: [email protected]