Mãe denuncia caso de racismo de segurança que chamou as gêmeas de bucha 1 e bucha 2 e dispara: “Não vou prender o cabelo delas”

A mãe denunciou o caso.

No último sábado dia 25, na cidade de Salvador, Sandra Weydee de 37 anos saiu para passear com suas duas filhinhas gêmeas de apenas três anos de idade, a mãe disse para a reportagem que quando passaram pela rodoviária estavam presentes três seguranças e um deles quando viu as meninas fez uma expressão de susto e chamou as duas meninas de bucha 1 e bucha 2.

Os outros dois seguranças que eram negros ficaram sem graça e tentaram contornar a situação perguntando a idade das meninas, naquela hora Sandra disse que ficou sem reação, mas ela sabia que haviam cometido um crime de racismo contra suas filhas, a tal ponto que as próprias meninas perceberam que o segurança estava falando do cabelo delas, pois elas usavam o cabelo black power.

Sandra a mãe das crianças decidiu denunciar o crime nas redes sociais e expressar sua indignação falando que é inaceitável uma situação como essa em uma cidade onde a maioria das pessoas são negras e tem o cabelo crespo, isso não pode continuar.

PUBLICIDADE

A diretoria do metrô disse em nota que repudia qualquer tipo de discriminação ou racismo já está apurando o caso. A mulher ressaltou ainda que embora as gêmeas depois do ocorrido quiseram prender o cabelo passar creme por quê embora tivessem apenas três anos falavam com ressentimento que não eram bucha.

A mãe afirmou que não vai alisar o cabelo das meninas nem prender, Deus fez elas assim elas precisam se aceitarem que são negras com cabelo enroladinho e todos têm que aceitar também.

No dia 29 quarta-feira a mãe da gêmeas irá registrar o caso na delegacia especializada em crimes contra a criança e adolescente pois a paralisação dos policiais civis que teve início no dia 27 irá terminar no dia 29 quarta-feira. Disse Sandra as pessoas têm que ter respeito, respeito é a base de tudo.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.