Marido Testemunha de Jeová não autoriza transfusão de sangue e deixa esposa grávida falecer

O episódio causou muita revolta nas pessoas que estavam no hospital.

Um caso revoltante aconteceu em um hospital na Nigéria e o homem que testemunhou o fato fez um desabafo em seu Facebook contando toda a história. Ele disse que uma mulher grávida chegou ao hospital em trabalho de parto, mas aparentemente a mulher estava perdendo o bebê.

O caso era grave e a mulher estava perdendo muito sangue, ela foi levada imediatamente para sala de emergência, mas como havia perdido muito sangue os médicos informaram ao marido que ela precisava receber uma transfusão de sangue imediatamente ou não sobreviveria juntamente com seu bebê.

Foi aí que começou toda a grande confusão, o marido da mulher é Testemunha de Jeová e não autorizou a transfusão por questões religiosas.

PUBLICIDADE

Embora os médicos explicassem para ele a gravidade da situação e que a esposa poderia morrer se não recebesse a transfusão, mesmo assim ele não autorizou.

Diante da insistência dos médicos o homem disse que a doutrina da igreja dele considera pecado transferir sangue de uma pessoa para outra mesmo que seja para salvar a vida da outra pessoa. Ele ainda disse que se os médicos continuassem insistindo ele processaria os profissionais e o hospital.Ao ver que não conseguiram convencer o marido, os médicos então foram na esposa e perguntaram a ela se ela não tinha outra pessoa que pudesse assinar autorizando a transfusão para salvar sua vida e ela chorando disse que não.

Os médicos não tinham mais tempo, precisavam levar a mulher para sala de cirurgia ou ela morreria ali mesmo e o que aconteceu a seguir foi a cena que marcou o homem que fez o desabafo em seu Facebook.

PUBLICIDADE

A mulher foi levada para sala de cirurgia em uma cadeira de rodas, ela gritava e chorava pedindo ao seu marido que salvasse sua vida assinando a autorização para a transfusão de sangue, mas mesmo assim o homem não voltou atrás.

A mulher e o bebê não resistiram a cirurgia, o marido depois de ver o que aconteceu Ficou sem saber o que fazer e saiu para buscar o carro da funerária as pessoas que estavam no local quase bateram no homem que se recusou a salvar a vida da esposa e do filho.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Carla Juliana

Redatora no site noticiaviva.com. Apaixonada por gatos. Uma pessoa simples e muito bem humorada. Contato: [email protected]