Pai mata o filho de 4 anos esganado por vingança por não aceitar o fim do relacionamento e em seguida tira a própria vida

Por não aceitar o fim do relacionamento o pai tirou a vida do filhinho de apenas 4 anos.

Uma tragédia aconteceu na madrugada deste domingo dia (16) em Piraquara na região metropolitana de Curitiba. Por não aceitar o fim do relacionamento e como forma de vingança um pai matou o filho de 4 anos esganado.

Logo em seguida o homem que foi identificado como Neri da Rosa de 36 anos se matou enforcado em outro cômodo da casa. De acordo com informações da Polícia Militar o pequeno Davi Franco de 4 anos foi esganado pelo pai no momento em que dormia.

O pai da criança estava sofrendo de pressão, essas informações são dos familiares que afirmaram que Neri estava enfrentando problemas de saúde e a depressão era um deles.

PUBLICIDADE

Problemas que começaram depois da separação, Nery não aceitava o fim do relacionamento com a mãe de Davi, fato que teria acontecido há cerca de quatro meses.

De acordo com informações do tenente Renan da PM, o homem teria deixado uma carta em cima da cama e o tenente disse que pelo pouco que foi apurado e através da carta deixada, uma carta de despedida.O homem que matou o filho e se suicidou alegou que não estava feliz com o fim do término, então dá para perceber que o ato foi uma forma de vingança contra a companheira que o deixou.

A mãe da criança desabafou em sua rede social dizendo que sua vida perdeu o sentido, ela se despediu do seu filho dizendo que ele agora está nos braços de Deus e que Deus vai dar a ela forças para sobreviver sem ouvir o filhinho a chamando de mamãe lindona.

PUBLICIDADE

A mãe desabafou com uma dor profunda, falando sobre coisas que aconteciam com a criança e ela como pedir para dormir na cama dela.

Ela disse que não sabe o que vai fazer sem o seu filhinho amado e que ela vai ama-lo por toda a vida. A mãe se despediu dizendo meu filho, meu príncipe vai com Deus.

Você agora está nos braços do pai. Uma situação triste comovente e que nos leva a pensar na crueldade que há no coração de um pai capaz de tirar a vida do filho que não teve culpa alguma do relacionamento dele com a mãe não ter dado certo.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Carla Juliana

Redatora no site noticiaviva.com. Apaixonada por gatos. Uma pessoa simples e muito bem humorada. Contato: [email protected]