Para os pacientes reconhecerem quem está cuidado deles na UTI, técnica de enfermagem estampa a sua foto em máscaras:”Um jeito de nos aproximarmos”

A iniciativa, é de ser reconhecida por quem está a cuidar.

Em tempos de luta na pandemia, os profissionais da linha da frente, tenta sempre inovar da melhor forma, e a ideia desta profissional foi bem criativa. Ídala Tessania, técnica de enfermagem de 41 anos, deu vida à criatividade em tempo difíceis, do coronavírus, e revelou grandes histórias de generosidade que pode ganhar vários efeitos.

A técnica de enfermagem, deu asas à sua imaginação, e resolveu fazer as suas máscaras personalizadas, estampando a sua foto na mesma, para que os seus pacientes, a reconheçam durante o atendimento.

Ídala é funcionária na UTI, do Hospital Santa Juliana, em Rio Branco, mas não atente pacientes com o novo coronavírus, mas conta que as medidas de proteção foram reforçadas.

Nesse caso, todos os pacientes não tinha como identificar quem estava cuidado deles, e foi aí que surgiu a criatividade e ideia de revelar a sua identidade por meio do EPI personalizado.

Escrito por Carla Sofia

Sou especialista em Receitas, dicas e saúde! Gosto sempre de estar atualizada de novas receitas e formas medicinais!