Planeta “potencialmente habitável” é descoberto em novo sistema solar: Veja

Uma equipe internacional de astrônomos descobriu um novo sistema solar com um planeta que poderia ser "habitável".

Astrônomos, descobriram um novo planeta que pode ser que seja habitável. Uma equipe de astrônomos internacional, descobriram um novo planeta que pode ser que seja habitável – disse AFP, na quinta- feira dia 1.

O astrofísico com naturalidade espanhola, Rafael Luque foi quem liderou as buscas e pesquisas. Nessa jornada, foram descobertos planetas em órbita em torno de GJ 357 d, uma estrela pequena em sua fase de resfriamento – uma anã vermelha.

Formam um sistema solar localizado a equivalente 31 anos-luz da Terra, uma distância considerada pequena na escala espacial, disse Luque do IAC.

PUBLICIDADE

Graças aos dados fornecidos pelo TESS da NASA um satélite, foi capaz de realizar essa descoberta, satélite especializado em buscas de exoplanetas, planetas localizados fora do nosso sistema solar.

O planeta mais distante é de bastante interesse para os pesquisadores pois acreditam que ele pode ser habitável, pois os outros dois tem a temperatura muito mais elevada. Planeta chamado de GJ 357d.

Por ele ser um planeta mais frio em comparação aos outros dois que foram achados, os pesquisadores vão começar a explorar e fazer mais pesquisas sobre, pois ele tem a possibilidade de ser um planeta habitável, enquanto os outros dois não tem como por ser muito quente.

PUBLICIDADE

Para medir a habitabilidade de um planeta, entre os critérios usados estão, o solo rochoso, um tamanho que seja similar ao da Terra, uma distância que não seja muito pequena e nem muito grande de sua estrela.

E o principal que é a presença de água líquida, que é o ”Ingrediente-chave” para que seja um lugar que possa desenvolver vida, até porque sem água nem um ser vivo consegue viver, seja ele animais, humanos e até mesmo vegetais.

Os responsáveis pelas pesquisas, estimam que o planeta GJ 357d, tenha um temperatura de -53ºC, Luque diz que o planeta parece um pouco frio, mas disse que se a atmosfera for densa, o efeito estufa poderia aquecer a superfície aonde faria que a água seja líquida.

Luque acredita que esse planeta possa ter de uma a duas vezes o tamanho da Terra, este planeta não foi o primeiro a ser descoberto com alguma possibilidade de ser habitável perto de nós.

No ano de 2016, tivemos a descoberta de Proxima b, um planeta que estaria apenas a 4 anos-luz de nosso sistema solar, quando foi anunciada essa descoberta causou no ano de 2016 deixando muitos curiosos.

Segundo Luque o método utilizado não confirma se o planeta é habitável, por isso é necessário utilizar uma técnica de trânsito, aonde possibilita medir seu tamanho, e depois calcular a densidade e sua composição.

A equipe de luque vão ficar meses observando o GJ 357d em ”trânsito” para tentar confirmar o mais rápido possível se pode desenvolver a vida lá ou não. Mais ele disse ” que a probabilidade de um planeta passar por uma estrela que seja de nossa visão e muito pequena.

PUBLICIDADE

Escrito por João Paulo Menezes Dos Santos

Escrevo Matérias nas horas vagas, principais assuntos, entretenimento, fofocas e notícias fresquinhas sobre atores etc