Prorrogação do Auxílio Emergencial anima e tranquiliza os brasileiros

A medida foi anunciada pelo presidente nesta semana.

Desde que foi anunciada a pandemia do novo coronavírus, muitos brasileiros tiveram que parar de trabalhar imediatamente para ficar em suas casas realizando a quarentena ou isolamento social, atitudes orientadas pela OMS e pelo ministério da saúde.

Sem poder trabalhar, muitos brasileiros autônomos ou de baixa renda se iram diante de uma situação calamitosa em que precisariam de uma ajuda mínima.

Assim, o governo federal diante das novas circunstâncias, anunciou um programa de renda mínima, chamado Auxílio Emergencial, que visava contemplar os trabalhadores autônomos, os microempreendedores, as mães solteiras chefes de família e os beneficiados do bolsa família com uma renda de R$ 600 reais nos meses da pandemia.

O auxílio começou a ser pago no mês de abril e de início teria 3 meses de contemplação. No entanto, com o agravamento da pandemia no Brasil e no mundo e a impossibilidade de retorno aos trabalhos e à uma vida normal, esse benefício teve de ser estendido.

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.