“Tive muito medo de estar a passar por isto sozinha”, conta a técnica de enfermagem que ficou 24 dias internada com Covid-19, e teve alta em Sorocaba

Técnica estava na linha da frente em dois hospitais de Sorocaba.

Lígia Hungria Martins, de 46 anos, estava na linha da frente contra o novo coronavírus, em dois hospitais. Ela contraiu a doença, e esteve 24 dias internada e em estado considerado grave. Ela permaneceu num hospital privado, e recentemente teve alta e encontra-se a recuperar em casa.

Ela sempre via a rotina de outra forma, do lado do combate contra a doença, até que a vítima acabou sendo ela, tendo os primeiros sintomas comuns da infeção. Ela conta que fazia plantões intercalados em duas unidades hospitalares, e que todos eram feitos com a devida proteção individual, para prevenir de levar esse vírus para casa.

“A minha maior preocupação foi o meu esposo. Ele faz tratamento de hemodiálise, pertencendo ao grupo de risco. Também não vi mais a minha mãe, que também é de risco com 73 anos, para não deixar ela doente. No fim eu que já tinha o maior cuidado, acabei por ser a vítima, não sei como”, conta.

Escrito por Carla Sofia

Sou especialista em Receitas, dicas e saúde! Gosto sempre de estar atualizada de novas receitas e formas medicinais!