Várias pessoas se mobilizam para ajudar jovem que foi brutalmente agredido por homofobia

Jefferson foi vítima da homofobia e covardia que o deixou com sequelas graves pelo resto da vida.

Infelizmente a Homofobia é um problema grave que precisa ser combatido, muitos homossexuais já perderam a vida em decorrência do preconceito e na noite do dia 8 de dezembro de 2018 o jovem Jefferson Anderson Feijó da Cruz de 22 anos foi vítima de homofobia e foi brutalmente agredido ficando com sequelas graves.

Jefferson apanhou tanto que ficou com sequelas gravíssimas e seu estado exige muitos cuidados, mas seus pais não possuem condições para custear todo o tratamento para ele. Muitas pessoas se sensibilizaram com a situação de Jefferson e juntas fizeram uma vaquinha virtual para arrecadar dinheiro e ajudar no tratamento do jovem.

O jovem é carinhosamente chamado de Jeff por todos seus amigos e saiu com eles para comemorar o término de mais um ano letivo e sua aprovação no colégio. Os amigos se reuniram na praça da cidade em Moreno, Pernambuco, ali eles conversaram e se divertiram até que Jefferson decidiu ir ao banheiro era por volta das 2:30 da manhã. O jovem disse que voltava logo, mas acabou demorando muito e seus amigos decidiram ir procurá-lo.

PUBLICIDADE

Os amigos de Jefferson o encontraram debaixo de uma laje, ele estava desacordado, todo ensanguentado, sem roupas e estava sufocando em seu próprio sangue. O jovem havia sido assaltado e agredido de uma forma tão brutal que por pouco não morreu.Os amigos de Jefferson chamaram a ambulância e levaram o rapaz para o hospital e ele foi transferido para o Hospital de Recife, pois a situação era crítica e seu estado muito grave.

Jefferson apanhou tanto que possuía lesões por várias partes de seu corpo além de traumatismo craniano. Os médicos encontraram um coágulo comprimindo o cérebro de Jefferson e ele teve que passar por uma cirurgia imediatamente e ficou um mês em coma.

PUBLICIDADE

Quando finalmente acordou depois de um mês Jefferson nunca mais foi o mesmo. Ele não falava, não andava, não expressava nenhum tipo de reação e os médicos tiveram que fazer uma traqueostomia para que ele pudesse respirar. Jefferson só se alimenta através de sonda e para a família é muito triste ver o menino cheio de vida e alegre nessa situação.

Seu pai acredita que ele vai vencer sua luta pela vida e agradece as pessoas que tem ajudado. Caso você também queira ajudar e saber mais sobre Jefferson acesse a página do facebook “Lute com ele”.

 

PUBLICIDADE

Escrito por Carla Juliana

Redatora no site noticiaviva.com. Apaixonada por gatos. Uma pessoa simples e muito bem humorada. Contato: [email protected]